Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
PROFESSOR LUIZ


PRIMEIRA GUERRA ANTECEDENTES EXERCICIO PAG. 78

1= Quando e onde ocorreu a Belle Époque?

2= Descreva o  que era a chamada Belle Époque?

3= Qual era o país europeu mais influente da Europa?

4= O que ocorria entre a Grã Bretanha e França?

5= O que os países europeus fizeram para aumentar seus recursos bélicos?

6= Qual foi a atitude que aumentou o sentimento de nacionalista na população européia?

7= O que ocasionou a rivalidade entre Grã Bretanha e Alemanha?

8= Por que a França nutria sentimentos de revanchismo contra a Alemanha?

 

9= Quais eram os países que compunham a Tríplice Aliança e a Tríplice Entende?

10= Qual era a disputa entre Grã Bretanha, França e Alemanha?

11= Qual era o plano da Sérvia?

12= O que era o Pan-Eslavismo e o que ele pregava liderado por quem?

13= Nessa época o que ocorria na França?

14= Qual foi o motivo imediato que levou à primeira guerra mundial?

15= Quais eram os três impérios que se rivalizavam?

16= O que aconteceu na Grécia em 1821 e com o apoio de qual nação?

 

17= O que ocorreu em 1878 na região dos Bálcãs e quais os países envolvidos

18= O que a Servia buscava em 1908 e por que?

19= O que ocorreu na Sérvia em 28 de junho de 1914?

20= O que fez a Áustria em relação a Sérvia?

21= Qual foi a atitude da Alemanha?

22= Qual foi a atitude da Turquia e da Bulgária?

23= Quais foram os países que entraram para a Tríplice Entende?

24= Qual foi a conseqüência do sistema de alianças?

 

Prof. Luiz = História   = 16/03/2015



Escrito por PROFESSOR LUIZ às 19h18
[] [envie esta mensagem] []



DESCOLONIZAÇÃO DA ÁFRICA SUBSAARIANA respostas  pg187

1= O que Jono Kenyatta líder da |independência do Quênia defendia?

R= Ele defendia o Pan Africanismo

2= O que era o Pan Africanismo

R= Era uma união dos povos negros contra os colonizadores

3=O que o movimento negritude valorizava?

R= Esse movimento valorizava a identidade negra e lutava contra a dominação da África.

4= Segundo o movimento negritude o que ocorria com os negros.

R= Ele era triplamente oprimido pelo preconceito racial, domínio colonial e exploração social.

5= Além de lutar contra o opressor europeu, contra o que eles lutavam?

R= Era uma luta contra o racismo e a favor do orgulho africano.

6= Qual foi a forma de se manifestar através da consciência?

R= Foi o retorno das línguas tradicionais.

7= Quais foram as últimas colônias a se emancipar?

R= Foram as colônias portuguesas de Moçambique, Guiné-Bissau e Angola.

8= Qual foi a atitude do ditador Salazar nas colônias?

R= Ele estimulou o trabalho compulsório nas colônias portuguesas.

9= O que ocorreu em Portugal em 1974?

R= Foi a Revolução dos Cravos que pôs fim ao regime imposto por Salazar.

10= O que colaborou para o fim colonial português?

R= Foi o fim da  ditadura imposta por Salazar.

11= Quais eram os 3 grupos rivais em Angola?

R= eram o MPLA voltada para os comunistas, a FNLA junto com a UNITA ambas contra o comunismo.

12= O que ocorreu em 1975 em Angola?

R= a MPLA proclamou a independência de Angola com regime socialista.

13= O que ocorreu em Angola em 2002?

R= Foi uma guerra civil entre a MPLA socialista e a UNITA anti socialista

14= Quem recebeu apoio do EUA e quem recebeu apoio da URSS?

R= A MPLA recebeu apoio da URSS, China e Cuba e a UNITA recebeu apoio do EUA.

 

15= O que ocorreu em Moçambique em 1962?

R= Foi fundada a Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo) com tendências comunista.

16= O que ocorreu em Moçambique em 1975 e qual regime foi implantado?

R= A Frelimo proclamou a independência de Moçambique com regime socialista, inspirado na China.

17= Com quem a FRELIMO entrou em conflito e eram apoiados por quem?

R= Entrou em conflito com a Frente Nacional Moçambicana  (Renamo) grupo anticomunista, apoiada pela Rodésia, África do Sul e EUA.

18= O que ocorreu em Moçambique em 1992?

R= As duas facções Frelimo e Renamo travaram uma guerra civil em 1992 assinaram um acordo de paz.

19= O que ocorria na África do Sul?

 

R= A Inglaterra dominou a África do Sul a partir do início do séc. XIX e em 1948 implantou as primeiras leis do Apartheid. 



Escrito por PROFESSOR LUIZ às 19h09
[] [envie esta mensagem] []



atenção nem sempre é possível colocar a matéria em ordem cronológica, portanto o aluno deverá 

rolar a página até o final, escolher o que deseja e gravar em uma pasta no seu computador,

essas matéria serão retiradas em breve.

os 3 primeiros alunos de cada sala que me responder por escrito o que é o 

APARTHEID,  receberá 0,5 pontos na prova, não na média, mas já é um bom negócio

ganhar 0,5 ponto por tão pouca coisa, mas só vou receber os 3 primeiros de cada sala na aula de segunda feira

abraço fraternal a todos


 



Escrito por PROFESSOR LUIZ às 00h21
[] [envie esta mensagem] []



DESCOLONIZAÇÃO DA ÁFRICA EXERCÍCIO  respostas

1= O que significa a sigla ONU e quando foi criada?

R= A sigla ONU significa Organização das Nações Unidas e foi criada em 1945

2=Qual a principal função da ONU?

R= Era a de intermediar a relação entre os países e permitir que se encontrassem saídas diplomáticas para seus conflitos

3=Quais eram os dois grandes blocos que se rivalizavam?

R= Os dois grandes blocos eram os capitalistas representado pelo EUA e os socialistas representados pela URSS

4=Como EUA e URSS queriam dominar os países que estavam nascendo?

R= Eles apoiavam os movimentos de libertação e a intenção não era se impor invadindo os territórios com armas, mas sim influenciar na cultura, política e economia nos países que estavam nascendo.

5= Quais eram os dois grande grupos de países africanos?

R= Eram o bloco dos países muçulmanos do norte africano e os países Subsaarianos.

6= Qual foi o principal motivo que promoveu a descolonização dos países do norte da África

R= Foi o enfraquecimento dos países europeus com a segunda guerra e o fortalecimento dos países africanos e também o surgimento do sentimento nacionalista (patriotismo)

7= Quem organizava a luta pela independência?

R= Na maioria dos países africanos eram os partidos de esquerda, os partidos de oposição

8=O líder pela independência do Egito Gamal Abdel Nasser fez o que pela independência?

R= Ele promoveu uma integração cultural chamada de Pan-Arabismo

9= O que era o Pan –Arabismo promovido por Nasser?

R= Era um movimento com uma política fortemente nacionalista, se opunha ao colonialismo e estimulava o vínculo entre os países árabes muçulmanos

10= O que pretendia o movimento Pan – Arabismo?

R= Era o de apoiar os movimentos de libertação no norte da África, e aproximar as ex-colônias dos países muçulmanos no oriente médio.

11= A Argélia no Norte da áfrica era colônia de qual país desde quando?

R= Era colônia francesa desde 1830

 

 

12=Faça um resumo do que ocorreu na Argélia em 1954?

R= A crise econômica do pós guerra, a influência do Pan-Arabismo, e a derrota da França na guerra pela independência na Indochina desencadearam uma série de rebeliões na Argélia.

13= O que significa a sigla FLN?

R= Significa Frente de Libertação Nacional e lutava contra os opressores europeus

14=O que fez a Frente de libertação Nacional na Argélia?

R= A FLN dirigiu  a luta pela independência e tornou-se a principal força política do novo governo

15= O que ocorreu em Paris em 1961?

R= Uma passeata pacífica realizada pelos argelinos que moravam na França foi duramente reprimida pela polícia francesa onde morreram mais de 200 argelinos.

16= Qual foi o fato importante ocorrido no norte da África em 1962?

R= Foi a Independência da Argélia após intensa mobilização e pressão política dos argelinos

17= O que é plebiscito?

R= É quando as autoridades perguntam para o povo através de uma eleição o que eles querem

18= Quem era o presidente da França em 1962?

R= era o General Charles De Gaulle que havia lutado na primeira e segunda guerra.

 

Prof. Luiz

História

05/03/2015

 

 



Escrito por PROFESSOR LUIZ às 23h54
[] [envie esta mensagem] []



POVO AFRICANO BERÇO DA CIVILIZAÇÃO HUMANA

 

Segundo estudos realizados através da paleontologia e outras áreas da historiografia, incluindo as pesquisas realizadas por pré-historiadores, concluímos que o homem é fruto da evolução contínua de ancestrais primatas. Embora algumas evidências tenham sido encontradas em outras regiões, o continente africano particularmente nas regiões onde hoje conhecemos por Etiópia e arredores tais como Quênia, Sudão, se sobressai devido a quantidade de evidências encontradas. Crânios com volume aumentando acompanhando o processo evolutivo sugere a hominização dos primatas nessa região.

o utensílio não nos permite delimitar o inicio da hominização, o material obtido é insuficiente para delimitar com precisão e, nos ater que entre os grupos a evolução física, intelectual e na arte da indústria humana, não era homogenia.

 

A África através de estudos e pesquisas realizadas colocam o continente no topo em relação ao processo de hominização da raça humana

 

Em solo africano vamos encontrar o Australopiteco considerado o primeiro hominídeo, bípede, com um desenvolvimento intelectual considerável, e finalmente o Homo sapiens com características negroides.

No que diz respeito a parte física do negro como cor da pele, cabelos encarapinhados, lábios grossos, pernas finas, nariz achatado e outras características são resultado das condições tropicais

 

Quanto ao desenvolvimento tecnológico permitiu ao homem se impor aos demais seres e, por ter sido artesão tornou-se inteligente, o fato de permanecer ereto e ter as mãos livres foi um fator determinante que auxiliou no seu caminho rumo a evolução

. O progresso constante em aperfeiçoamento e variedade de materiais na busca da eficácia liberta o homem do estereótipo de instinto.

Quanto a dinâmica social a troca de mercadorias e seu relacionamento com seus semelhantes deram impulso a atividade cerebral ligadas ao trabalho e a fala

por outro viés a dispersão intensificou a necessidade de aprimoramento das técnicas para garantir a sobrevivência da tribo.

sendo a escrita em geral pouco utilizada tudo era transmitido de forma oral pelos griots.

 

Finalmente, devemos considerar as estruturas socioeconômicas como sistema familiar de produção, que caracterizou as sociedades africanas, até sofrerem a influência do islamismo e cristianismo colonial. A mulher não era inferiorizada na cultura africana, ela desempenhava um papel importante na sociedade tanto na herança de bens como na sucessão real, como exemplo vamos encontrar a rainha Zinga de Angola no século XVII

O processo evolutivo desde os primeiros hominídeos até o homem moderno descrito anteriormente é o suficiente para jogar por terra todos os estereótipos negativos e teorias preconceituosas impingidas pelos europeus, diziam que “somente as raças superiores (brancas) eram capazes de construir civilizações”, com o objetivo de justificar suas invasões e exploração do homem negro africano e seus bens.

 

O declínio e importância do continente africano são por ter sido explorado sem a compensação adequada. Na antiguidade o vale do Nilo torna-se o celeiro de Roma, são retirados animais selvagens, escravos e gladiadores. A partir do século XV começa o tráfico de escravos, e por fim no século XIX a invasão extrativista, dilapidação e invasão territorial impetrada pelos colonizadores europeus promoveram a miséria do povo em detrimento do enriquecimento da metrópole

 

Prof. Luiz

 

3/2/2015



Escrito por PROFESSOR LUIZ às 22h34
[] [envie esta mensagem] []



exercícios de perguntas e respostas

grave e arquive em uma pasta no seu computador para depois poder estudar.

POVO AFRICANO BERÇO DA CIVILIZAÇÃO RESPOSTAS

1= O que a paleontologia estuda?  

R= ESTUDA A PARTE FÍSICA DO CORPO HUMANO

2= Segundo a teoria de Charles Darwin o homem é fruto da evolução de qual animal?

R= SEGUNDO DARWIN O HOMEM DESCENDE DO MACACO

3= Em qual país do continente africano são encontradas mais evidências da evolução dos primatas?

R= NA ETIÓPIA E ARREDORES

4= O que era o Australopiteco? E o que é o Homo Sapiens?

R= AUTRALOPITECO FOI O PRIMEIRO PRIMATA BÍPEDE, HOMO SAPIENS É O PRIMEIRO HOMEM QUE PENSA

5= Quais são as principais características físicas  do homem negro?

R=PELE ESCURA, NARIZ ACHATADO, CABELO ENCARAPICHADO, PERNAS FINAS

6= Qual foi o fator que contribuiu para a evolução do homem?

R= FOI O FATO DE PERMANECER ERETO E TER AS MÃOS LIVRES PARA O TRABALHO

7=Quais foram as atitudes humanas que contribuíram para dar impulso na sua evolução?

R= FOI A TROCA DE MERCADORIAS E A CONVIVÊNCIA COM SEUS SEMELHANTES

8= Qual foi o resultado obtido com a diáspora e êxodo?

R= CONTRIBUIU PARA O APRIMORAMENTO DAS TÉCNICAS PARA GARANTIR A SOBREVIVÊNCIA

9= Como era o meio de produção do homem africano?

 R= ERA FAMILIAR

10= Quais religiões interferiram na sociedade africana e em que época?

FORAM O ISLAMISMO E CRISTIANISMO

11= Qual o papel da mulher na cultura africana?

R= TINHA PAPEL IMPORTANTE PARTILHAVA DA HERANÇA E DA SUCEÇÃO REAL.

12= O que os europeus pensavam dos africanos?

R= QUE ERAM PRIMITIVOS, NÃO CONSEGUIAM DESENVOLVER UMA CIVILIZAÇÃO, NÃO TINHAM LEIS, NEM ESTADO, HISTÓRIA E ALMA

13= Os europeus diziam ser descendentes de qual povo africano?

DOS EGÍPCIOS

14= Qual foi o motivo do declínio dos africanos?

R= DE SEREM EXPLORADOS SEM RECEBEREM A DEVIDA COMPENSAÇÃO

15= Quais eram os principais motivos que os europeus diziam ser descendentes dos egípcios?

R= Por branquear a raça e por os egípcios serem capazes de construir uma civilização

16= Quais são os países do norte da África?

R= MARROCOS, ARGÉLIA, TUNÍSIA, LÍBIA E EGITO

 

Prof. Luiz = história

 

06/02/2015



Escrito por PROFESSOR LUIZ às 22h31
[] [envie esta mensagem] []



REVOLUÇÃO INDUSTRIAL     PG. 275 GILBERTO COTRIN (ÚNICO)

O segredo da industria é fabricar melhor, mais rápido e mais barato que o artesanal.

Teve início na Inglaterra meados do sec. XVIII, antes a produção era doméstica de suprir necessidades. A maioria vivia no campo, produziam alimentos, vestuário ferramentas e objetos em geral. Ficava a critério do artesão o controle da produção em todas as suas fases, ele precisava conhecer todo o processo. O artesão era dono da oficina, matéria prima e ferramentas.

Com a introdução da manufatura, foi implantado um processo de divisão do trabalho (Fordismo), cada funcionário fazia uma parte do trabalho. Seguida do Toyotismo. Da manufatura passou-se para a mecanização da produção, conhecido como revolução indústria, iniciado na Inglaterra.

Os senhores feudais ricos e burgueses passaram a investir na indústria, principalmente após a revolução gloriosa 1688/9, quando foi deposto um monarca Católico e substituído por um Protestante acabou com a monarquia absolutista instituindo-se o parlamento. A indústria foi alavancada com a criação do Banco da Inglaterra em 1694, que passou a auxiliar com financiamentos a implantação das indústrias. Diferença entre as igrejas católica e protestante quanto a visão sobre o trabalho e usura.

No campo a mecanização reduziu a mão de obra e elevou a produtividade, os camponeses migraram para as cidades onde passaram a trabalhar nas indústrias. Com o avanço da medicina e o êxodo rural houve o crescimento populacional, gerando uma massa de trabalhadores, pagos com salários miseráveis. (Inútil necessário). A marinha mercante eficiente favoreceu a venda de seus produtos, aliado ao favorecimento por jazidas de carvão em solo inglês. Contando com fornecedores de matéria prima (lã e algodão) a indústria têxtil prosperou lastreada em leis protecionistas, com a proibição da venda de lã e algodão in natura, só industrializado.  A mão de obra infantil e feminina foi largamente explorada com salários mais baixos.

O trabalhador industrial não era dono dos meios de produção apenas vendia sua força de trabalho, foi criada a mais valia (diferença do que é cobrado pela manufatura versos pelo que é pago). Desenvolveu-se então um antagonismo entre o empresário e o trabalhador. Para aumentar seus lucros os salários eram tão reduzidos que para sobreviver esposa e filhos precisavam trabalhar em média 16h/dia vivia 55 anos. Industria e comercio passaram a ser principais fontes de acumulo de riqueza, consolidando o capitalismo iniciado com a revolução francesa.

Os operários acreditavam que as máquinas eram responsáveis pela sua condição de miséria, por isso em revoltas, invadiam as fábricas e destruíam as máquinas, posteriormente os trabalhadores perceberam que não era vítima das máquinas, mas do sistema de injustiça criado pelo capitalismo industrial, foi quando passaram a se organizar. (dia do trabalho 1/5/1886 Chicago=8horas/8março 1857 N. York=10horas)

Com a industrialização houve a necessidade da urbanização, como a população cresceu de forma vertiginosa, foi necessário investir em saneamento (1858 Tamisa rio do fedor), transporte e comunicação. Navio a vapor, locomotivas, telegrafo e telefone.

Novas ideologias= Com a implantação da linha de montagem o trabalho é dividido, também se divide o saber do trabalhador, o que conduziu a sua especialização, o operário perdeu a noção de conjunto e união, não se reconhecendo como criador do trabalho produzido e alienação no processo produtivo global.

No início (1760/1860) limitou-se a Inglaterra, na 2ª etapa ( 1860/1900) espalhou-se pela Europa EUA Rússia e Japão. Utilização do aço, energia elétrica, petróleo, química, eletrônica, 3ª etapa + tecnologia – emprego. O liberalismo não funciona, é bom só para a elite.  Em contrapartida ao capitalismo Karl Marx e  Friedrich Engels viveram no final do sec. XIX pregam o socialismo= modo de produção estatal. Em 1891 o Papa Leão XIII através da encíclica (carta) prega o Socialismo Cristão. Pg. 282 (Gilberto Cotrin livro de história)

 

Prof. Luiz  =   22/05/2013



Escrito por PROFESSOR LUIZ às 09h06
[] [envie esta mensagem] []



Caros alunos esse é o primeiro texto que posto para nossos estudos, mas é importante voce copiar e salvar em uma pasta no seu computador

Meu provedor me deu um espaço pequeno, dessa forma quando eu coloco um texto eles apagam o ultimo, por isso é importante voce copiar, e salvar em uma pasta no seu computador se possível tire uma cópia para algum colega seu que não tem computador ou impressora.

atenção: os 3 primeiros alunos de cada sala que me trouxerem por escrito qualquer definição de o que é história, ganhará 0,5 (meio)  ponto na média do bimestre até o dia 6 de fevereiro 2015

as respostas estão no texto abaixo. quem for dedicado e esperto aproveitará essa oportunidade.

bons estudos.




Escrito por PROFESSOR LUIZ às 01h10
[] [envie esta mensagem] []



 

DEFINIÇÃO DE HISTÓRIA

 

É a investigação dos fenômenos humanos, é a possibilidade de compreender o ser humano e suas reações.

É a geração dos fatos gerados pelas atitudes humanas...O tempo não é estático, está em constante movimento

O ofício do historiador é uma vocação, é analisar criticamente os documentos contraditórios, e sempre desconfiar da verdade absoluta, a interpretação da história não é algo acabado.

Marc Bloch não concebe a história como ciência estática, o presente está carregado de ecos do passado, a história investiga o homem no seu tempo consciente de que ele afeta o resente, como método de pesquisa tende sempre estar aberto a problematização. 

O tempo é sempre contínuo, é uma perpétua mudança, o tempo é de uma importância fundamental para a ciência da história do homem. O objeto da história são os homens no tempo no espaço e sociedade.

História é o estudo dos feitos do homem em sua passagem pela terra.

A história é a ciência do homem no tempo, o historiador não apenas pensa humano, qualquer ciência não pode de abstrair do tempo.

A história Èvenémentielle  é apenas uma descrição dos fatos no tempo, de forma cronológica, não se preocupava com o contexto no aspecto cultural e social dos fatos. Era um pensamento de linha positivista.

Escola dos Annales fundada por Marc Bloch e Lucien Vebvre em 1929 não da muita importância aos fatos meramente políticos ou militares, enfoca a história no tempo cultural, social e econômico. Escola dos Annales é quando o documento não é a única fonte de pesquisa para se relatar um fato ou época, se contrapõe a èvenementielle, inaugura a história problema.

Historiografia é estudar como a história foi feita, qual o método empregado, o tempo é contínuo, é uma ruptura. O presente é um ponto minúsculo, que mal nasce morre.

“ os historiadores são recordadores profissionais daquilo que os cidadãos querem esquecer”

Eric Hobsbawm 1917-2012

Prof. Luiz

 

02/02/2015



Escrito por PROFESSOR LUIZ às 01h00
[] [envie esta mensagem] []



 

POVO AFRICANO BERÇO DA CIVILIZAÇÃO HUMANA 8ª Série 

 

Segundo estudos realizados através da paleontologia e outras áreas da historiografia, incluindo as pesquisas realizadas por pré-historiadores, concluímos que o homem é fruto da evolução contínua de ancestrais primatas. Embora algumas evidências tenham sido encontradas em outras regiões, o continente africano particularmente nas regiões onde hoje conhecemos por Etiópia e arredores tais como Quênia, Sudão, se sobressai devido a quantidade de evidências encontradas. Crânios com volume aumentando acompanhando o processo evolutivo sugere a hominização dos primatas nessa região.

o utensílio não nos permite delimitar o inicio da hominização, o material obtido é insuficiente para delimitar com precisão e, nos ater que entre os grupos a evolução física, intelectual e na arte da indústria humana, não era homogenia.

 

A África através de estudos e pesquisas realizadas colocam o continente no topo em relação ao processo de hominização da raça humana

 

Em solo africano vamos encontrar o Australopiteco considerado o primeiro hominídeo, bípede, com um desenvolvimento intelectual considerável, e finalmente o Homo sapiens com características negroides.

No que diz respeito a parte física do negro como cor da pele, cabelos encarapinhados, lábios grossos, pernas finas, nariz achatado e outras características são resultado das condições tropicais

 

Quanto ao desenvolvimento tecnológico permitiu ao homem se impor aos demais seres e, por ter sido artesão tornou-se inteligente, o fato de permanecer ereto e ter as mãos livres foi um fator determinante que auxiliou no seu caminho rumo a evolução

. O progresso constante em aperfeiçoamento e variedade de materiais na busca da eficácia liberta o homem do estereótipo de instinto.

Quanto a dinâmica social a troca de mercadorias e seu relacionamento com seus semelhantes deram impulso a atividade cerebral ligadas ao trabalho e a fala

por outro viés a dispersão intensificou a necessidade de aprimoramento das técnicas para garantir a sobrevivência da tribo.

sendo a escrita em geral pouco utilizada tudo era transmitido de forma oral pelos griots.

 

Finalmente, devemos considerar as estruturas socioeconômicas como sistema familiar de produção, que caracterizou as sociedades africanas, até sofrerem a influência do islamismo e cristianismo colonial. A mulher não era inferiorizada na cultura africana, ela desempenhava um papel importante na sociedade tanto na herança de bens como na sucessão real, como exemplo vamos encontrar a rainha Zinga de Angola no século XVII

O processo evolutivo desde os primeiros hominídeos até o homem moderno descrito anteriormente é o suficiente para jogar por terra todos os estereótipos negativos e teorias preconceituosas impingidas pelos europeus, diziam que “somente as raças superiores (brancas) eram capazes de construir civilizações”, com o objetivo de justificar suas invasões e exploração do homem negro africano e seus bens.

 

O declínio e importância do continente africano são por ter sido explorado sem a compensação adequada. Na antiguidade o vale do Nilo torna-se o celeiro de Roma, são retirados animais selvagens, escravos e gladiadores. A partir do século XV começa o tráfico de escravos, e por fim no século XIX a invasão extrativista, dilapidação e invasão territorial impetrada pelos colonizadores europeus promoveram a miséria do povo em detrimento do enriquecimento da metrópole

 

Prof. Luiz

 

3/2/2015



Escrito por PROFESSOR LUIZ às 00h53
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]